Cuidados para viajar de ônibus com bebês e crianças

Cuidar de uma criança já é um desafio naturalmente. Estar atento às suas necessidades e ainda educá-la são tarefas que precisam ser executadas, praticamente, em tempo integral e nós sabemos o quão difícil pode ser para algumas pessoas. Se pensar em viajar de ônibus com crianças, então… O desafio se torna ainda maior.

Leia mais: O que levar para comer em viagens de ônibus?

Mas, saiba que existem maneiras de proporcionar um pouco mais de tranquilidade para você e para os pequenos durante a viagem para realizar o trajeto sem estresse. Hoje, vamos contar para você 5 informações que podem facilitar a viagem de ônibus com bebês e crianças para que você possa se tranquilizar e também viajar com mais segurança. Quer saber mais? Confira!

1. A partir de quanto tempo de vida, os bebês podem viajar? 

No geral, os pediatras recomendam que o bebê não saia de casa durante os primeiros 3 meses de vida. Isso porque é durante este período que são aplicadas as primeiras e também mais importantes vacinas do calendário de vacinação. 

2. No ônibus, crianças e bebês viajam na cadeirinha? 

Diferentemente dos carros, nos ônibus, as crianças não necessitam utilizar a cadeirinha de transporte durante o trajeto. Elas podem ser acomodadas no colo dos responsáveis e por este motivo, também não pagarão o valor da passagem. A regra é válida para crianças com, no máximo, 6 anos de idade completos. 

3. Quais documentos são necessários para o embarque? 

Crianças são proibidas de embarcar sem a companhia de um adulto responsável que tenha parentesco de até 3º grau (avós, tios e irmãos) e é necessário que o acompanhante apresente documentação comprobatória sobre a familiaridade. Crianças que têm entre 12 e 16 anos podem embarcar na companhia de pessoas que não sejam da família contanto que o responsável apresente uma autorização judicial dos tutores legais. 

As documentações necessárias para as crianças são: 

  • crianças de até 12 anos: certidão de nascimento, documento de identidade ou passaporte (original ou cópia autenticada em cartório); 
  • crianças a partir de 12 anos: documento de identidade com foto.

Leia mais: Qual é o limite de bagagem para levar no ônibus? 

4. Estejam seguros! 

Como já dissemos, as crianças maiores podem viajar no colo dos responsáveis, contudo, além de ser um pouco menos seguro, também acaba sendo mais cansativo e desconfortável tanto para o adulto, quanto para a criança. Existe a possibilidade de contatar a empresa de ônibus para verificar as especificações sobre a utilização de bebê conforto ou cadeirinha. Inclusive, carrinhos de bebê também podem ser transportados no bagageiro, sabia?! Não deixe de avaliar essas possibilidades!

Com bebês, a tarefa pode ser um pouco mais fácil, já que podem ser acomodados nos braços mais facilmente. Algumas pessoas preferem (e nós também recomendamos) utilizar cangurus ou sling para aliviar a tensão nos braços e evitar dores ou incômodos, além de permitir mais mobilidade. Nessas condições, o cinto de segurança deverá ficar afivelado somente no adulto e ele se encarregará de segurar com cuidado a sua criança. 

Outro ponto interessante sobre a segurança dos pequenos é quanto à supervisão. Em hipótese alguma os deixe sozinhos! Leve-os para onde quer que seja e esteja sempre junto com eles para evitar situações inesperadas ou acidentes. 

5. Atenção às necessidades dos pequeninos! 

Diferentemente dos adultos, mesmo que falem, as crianças não conseguem expressar suas vontades de maneira certeira. Então, é tarefa dos pais ou responsáveis estarem sempre atentos às suas necessidades para mantê-los o mais confortável possível e também calmos durante o trajeto. Oferecer água, alimentação e utilização do banheiro é essencial. Com bebês, esteja atento também às fraldas.  

Outro ponto importante é que, para as crianças, o trajeto pode ser um pouco mais entediante do que para os adultos e nem todas conseguem dormir no transporte. Então, vale a pena disponibilizar maneiras de entretenimento. Brinquedos pequenos, mordedores e vídeos, por exemplo, são ótimas alternativas. Além disso, você também pode aproveitar a viagem para ter um tempo de qualidade com a sua criança. Interaja com ela, brinque, converse… Temos a certeza de que, dessa forma, o trajeto será mais prazeroso e também mais rápido para você e para ela. 

Esperamos ter ajudado você a se sentir um pouco mais confiante sobre os cuidados necessários para viajar de ônibus com crianças e bebês. E que tal programar um passeio junto com eles? Não perca tempo e aproveite essa fase tão especial! Confira nossas opções de passagens e destinos clicando aqui.    

 

0 0 votes
Article Rating
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Conte para gente o que você achou!x
()
x