Conteúdo

Passagem

O que é a Oktoberfest?

Quer saber mais sobre a história da Oktoberfest, a festa cervejeira mais popular do mundo? Vem com a gente, que te contamos tudo!

O que é a Oktoberfest? 

Durante o mês de outubro ocorre a que, para os amantes da cerveja, é a melhor das festividades do ano: a Oktoberfest.

A tradição, que teve início na Alemanha, segue mais forte do que nunca há dois séculos. Atualmente, ela tem como principal característica, a celebração da cerveja. Mas, saiba que nem mais foi assim. Hoje, contaremos para você como ela surgiu e quais são os eventos mais tradicionais no Brasil e no mundo. Quer saber mais? Confira:

E o que significa a palavra “Oktoberfest”?

Sabemos que, traduzido para o português, “oktober ” significa “outubro” e “ fest”, “festa”. Logo, compreendemos que Oktoberfest significa “Festa de Outubro”. Mas… Do realmente que se trata essa festa?

Hoje em dia, é conhecida como o maior festival cervejeiro do mundo e ocorre no mês de outubro. Um evento que é popular em todo o planeta, mas, foi lá na Alemanha, onde tudo começou. Apesar de ter como seu maior símbolo representativo, a cerveja, a festa é, na verdade, uma maneira de manter vivos os elementos da cultura germânica, na qual, muita música, trajes e gastronomia típica são relembrados através da comemoração. 

Um grande casamento em outubro de 1810

Tudo começou há cerca de 200 anos atrás, em 1810, numa celebração (nada singela, diga-se de passagem) do casamento entre o futuro Rei Luis I com a Princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen. Na festa todos os cidadãos da cidade de Munique, na Alemanha, foram reunidos para comemorar o matrimônio Real. Os festejos aconteceram nos gramados da entrada da cidade que, posteriormente, ficaram conhecidos como “Theresienwiese” (em português, seria algo como “Gramados de Tereza”). Muito chique, não?!

Na ocasião, corridas de cavalo pelos campos também fizeram parte do entretenimento do público e esta foi a principal razão do início da tradição. No ano seguinte, optaram por, novamente, realizá-las, num evento que reuniu toda a Baviera. Assim, nascia uma festa que passaria ser realizada todos os anos e acabaria mundialmente conhecida como “Oktoberfest”.

Um evento sobre agricultura e economia 

Se hoje a cerveja é a peça fundamental das comemorações, saiba que nem sempre foi assim. No ano seguinte ao Casamento Real, a partir da decisão de realizar novamente as corridas de cavalo, as festividades se voltaram para a celebração da agricultura e da economia local. Ou seja, uma espécie de feira agrícola, que perdurou até o ano de 1860 e por sempre ocorrer no mês de outubro, surgimento do nome não foi difícil. Deste modo, a Oktoberfest logo caiu no gosto dos alemães e, em 1819, deixou de ser promovida pela realeza e passou a a ser realizada pelos próprios cidadãos de Munique. 

Leia mais: Onde surgiram as Festas Juninas?

A cerveja era proibida

Parece mentira, né?! Mas, é a mais pura verdade. A cerveja, que é o principal símbolo do evento, inicialmente, era proibida. Aliás, até chegar nos moldes atuais, saindo de feira agrícola para ser o mais tradicional festival cervejeiro do mundo, o evento passou por árduos caminhos.

Entre os acontecimentos marcantes do contexto, estão as Guerras Napoleônicas, epidemias de cólera e a guerra da Áustria contra a Prússia, na qual, a Baviera lutou ao lado dos austríacos. Como se tudo isso não fosse suficiente, ela ainda resistiu às duas Guerras Mundiais e ao período nazista. Além disso, como nem tudo são espinhos também, o evento presenciou até mesmo a chegada da luz elétrica. Aliás, um fato curioso: Einstein esteve lá! Em 1986, ele era eletricista e ajudou a montar a iluminação de uma das barracas de cerveja do evento. Incrível! 

Mas, foi somente a partir de 1892, que a cerveja deu as caras na festa, nunca mais foi embora e, mais do que isso: tornou-se a marca registrada do evento! 

120 Mil litros de cerveja e um recorde!

No aniversário de 100 anos da Oktoberfest, aproximadamente, 120 mil litros de cerveja foram consumidos durante o evento. Embora, nas edições seguintes o consumo passasse a ser bem maior, para aquela época, em 1910, isso foi um verdadeiro marco histórico recordista, que fortaleceu a cerveja como um item essencial nas comemorações. 

O fim das corridas de cavalo

Somente em 1960, as tradicionais corridas de cavalo deixaram de fazer parte do evento. Fato que colaborou ainda mais para a configuração do festival, tal qual, conhecemos nos dias atuais. No entanto, no 200º aniversário da festa, em 2010, elas aconteceram novamente. Para relembrar as origens da tradição, a organização do evento promoveu novamente a corrida com os famosos trajes históricos. O ambiente foi tomado pela atmosfera dos séculos passados, fazendo com que a experiência de cada um fosse uma verdadeira viagem no tempo. Inesquecível! 

Leia mais: 5 Destinos para viajar com os amigos

Como a Oktoberfest atravessou os continentes?  

À medida que a cultura germânica se espalhava pelo mundo, através da imigração, seus costumes também viajavam junto. Sendo assim, a gastronomia, música, arquitetura e as comemorações típicas, então, começaram a se propagar pelo planeta. Desta forma, a Oktoberfest, como um dos principais ícones dessa cultura, não poderia ficar para trás e acabou caindo no gosto de muita gente por aí, inclusive no nosso, não é mesmo?!

Quais os maiores festivais da Oktoberfest no mundo? 

Não é novidade para ninguém que o brasileiro adora encontrar um motivo para tomar uma cervejinha sempre que dá, né?! Pensando nisso, não poderia ser diferente: a segunda maior Oktoberfest do mundo ocorre aqui, no Brasil. A cidade de Blumenau, no estado de Santa Catarina, sedia o evento que, em sua última edição (2019), recebeu um público de mais de meio milhão de pessoas!

Além disso, mais uma infinidade de cidades também promovem grandes eventos pelo mundo. Confira quais são as cinco melhores colocadas no ranking de popularidade: 

1º – Munique (Baviera) – Alemanha
2º – Blumenau (Santa Catarina) – Brasil
3º – Cincinatti (Ohio) – Estados Unidos
4º – Denver (Colorado) – Estados Unidos 
5º – Camberra – Austrália
A Oktoberfest no Brasil 

A forte tradição blumenauense se dá pelo fato de que, a região foi a que mais recebeu imigrantes alemães. Portanto, a cultura germânica trazida pelos povos passados é muito forte por lá e também relembrada pelos seus descendentes. Aliás, a primeira comemoração brasileira da Oktoberfest surgiu a partir dos próprios moradores da cidade junto à prefeitura. 

Cidade de Blumenau, Santa Catarina.

Além da festa catarinense, outras cidades pelos estados brasileiros também promovem suas comemorações em grande estilo! Em todo o estado de São Paulo e também na capital, apesar de ser uma comemoração mais recente, existem ótimas opções para aproveitar a festa. A cidade de Olinda, em Pernambuco, que comemora a tradição desde 1960, é uma outra boa pedida para curtir a Oktoberfest sem sair do país! No estado do Rio Grande do Sul, em Santa Cruz do Sul e na cidade do Rio de Janeiro, no estado do Rio, também são ótimas escolhas para os cervejeiros de plantão aproveitarem a temporada. 

Não perca tempo, escolha o destino ideal para você, seja lá em Blumenau ou na sua cidade vizinha, e curta ao vivo o melhor da festa da cerveja! 

Boa viagem e… Saúde!

Onde surgiram as Festas Juninas?

Durante todo o ano, muitos brasileiros aguardam a chegada do mês de junho para aproveitarem as comemorações das tradicionais Festas Juninas que acontecem por todo o país. Muita música, fogueira, dança e comidas típicas fazem o friozinho do meio do ano passar bem longe. Mas, como e onde tiveram início as primeiras comemorações juninas? É sobre isso que conversaremos hoje! Então, se você quer saber um pouco mais sobre a história e cultura do nosso país, fique de olho nesta postagem. 

Uma cultura pagã

Se nos dias de hoje é comum associarmos as festas juninas ao São João e Santo Antônio, saiba que nem sempre foi assim. Historiadores apontam que muitas comemorações semelhantes às que conhecemos atualmente já aconteciam na Península Ibérica desde muito tempo atrás para celebrar o solstício de verão que, no hemisfério Norte, ocorre durante o mês de junho, como uma forma de afastar as pragas da colheita. Com a expansão do Cristianismo pela Europa, as celebrações também acabaram sendo inseridas no calendário católico. 

Quando a Festa Junina chegou ao Brasil? 

As primeiras celebrações de Festa Junina no Brasil remontam ao século XVI. Elas foram trazidas pelos portugueses durante o período de colonização do país. Um fato interessante é que, inicialmente, os festejos eram conhecidos como “Joaninos”, fazendo alusão ao São João, devido à crença cristã. Somente depois de algum tempo é que eles passaram a ser conhecidos como “Juninos”, em referência ao mês em que ocorre até hoje. 

Diferentemente do que aconteceu na Europa, aqui em nosso país, a Festa Junina já chegou com um cunho religioso, já que os portugueses eram cristãos. No entanto, atualmente, a celebração deixou de ser somente religiosa e passou a ser uma comemoração popular, na qual, devotos e não devotos de alguma religião participam dos festejos sem o menor problema. Inclusive, é bem difícil encontrar alguém que não seja um adorador das tradicionais quermesses juninas, não é mesmo?! 

Caracterização e comidas típicas 

Roupas e decorações com tecidos que remetem às zonas rurais são a marca registrada das festas juninas e, além disso, as tradicionais bandeirinhas logo vêm à mente de todos quando pensamos no assunto. Isso sem falar das comidas deliciosas, geralmente, à base de milho e amendoim, como pamonha, paçoca, pé de moleque, bolos e muitas outras delícias que só de lembrar já nos dá água na boca. As bebidas também não são esquecidas durante as comemorações: vinho quente e quentão esquentam o pessoal do friozinho de junho e deixam a festa ainda mais característica. É… é fácil entender o porquê as Festas Juninas são um símbolo cultural brasileiro tão emblemático. Mas, não está faltando alguma coisa?! 

É hora de dançar quadrilha! 

O ritmo inconfundível embala as tradicionais danças de quadrilha durante as comemorações juninas. Os noivos já estão prontos para partir rumo à festança de casamento na roça?! Durante o caminho encontram a cobra, pegam chuva… Será que o casamento sai?! Só indo numa Festa Junina mesmo para saber! 

Festa Junina é lugar de diversão! 

Além de tudo isso, nas quermesses ainda podemos encontrar uma infinidade de jogos e brincadeiras que são diversão garantida: pular fogueira, pescaria, cadeia, correio elegante para os apaixonados, corrida do saco e muito mais para você aproveitar do jeito que deve ser! 

Onde ocorrem as principais Festas Juninas no Brasil? 

Em nosso país, as mais tradicionais comemorações ocorrem pela região nordestina. A maior delas acontece na cidade de Campina Grande e chega a receber até 2,5 milhões de pessoas todos os anos! No entanto, é possível encontrar comemorações pelos quatro cantos do país. Encontre uma próxima de você e aproveite! 

E aí, ficou animado para festejar? Esperamos que sim! E se você já sabe onde quer pular fogueira mas ainda não garantiu as suas passagens para a viagem, corra para aproveitar! Nós da Bus.com.br te ajudamos a encontrar os tickets ideais para que você possa curtir sua festa junina em grande estilo. 

5 Destinos para viajar com os amigos

Que viajar é uma das melhores experiências da vida, nós já sabemos. Há quem prefira viajar sozinho ou somente com seu par, mas, há também os que não abrem mão de viajar com seus amigos. Seja qual for a sua companhia, o importante é fazer as malas, cair na estrada e conhecer um lugar novo espetacular! 

Nós já te contamos 5 Destinos para viajar sozinho e também te falamos os Destinos para viajar com seu amor no dia dos namorados e, hoje, nós vamos apresentar alguns lugares que são excelentes para uma viagem inesquecível junto com a sua galera. Quer saber quais são os 5 melhores destinos para viajar com seus amigos? Então, fique de olho que a gente te conta! 

1. Porto Seguro, BA 

Uma das primeiras cidades fundadas no Brasil é também uma das melhores opções para os grupos de viajantes de plantão. O município que guarda um patrimônio histórico e cultural riquíssimo, praias belíssimas e muito agito, espera por você e seus amigos! Entre seus principais pontos turísticos de Porto Seguro, estão o Centro Histórico, onde ficam localizados o Marco do Descobrimento trazido pelos portugueses no período da colonização e o Farol, uma obra de tirar o fôlego com uma vista sensacional da região, entre outros inúmeros pontos turísticos da Rota do Descobrimento. Agora, se você não quer deixar de brindar a vida com os seus parceiros de caminhada, pode marcar essa viagem sem medo. As praias da região têm muitas opções de entretenimento, bares, restaurantes e baladas que vão garantir a diversão da galera! 

Leia mais: Qual é a diferença entre hotel e hostel?

2. Foz do Iguaçu, PR

Além de ser o berço de uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo, as famosas Cataratas do Iguaçu, a cidade de Foz do Iguaçu não poderia ficar de fora dessa lista porque é simplesmente uma das melhores opções de viagens para se fazer com os seus companheiros. Localizada no estado do Paraná, o município também é casa de muita diversidade cultural, já que a sua localização estratégica entre a Argentina e o Paraguai proporciona uma integração única entre os dois países com o Brasil, tornando a experiência muito enriquecedora para todos. Além disso, por lá, você e seus amigos encontrarão uma excelente infraestrutura hoteleira, que proporcionará todo o entretenimento que vocês precisam para curtir uns dias juntos com muita diversão! 

3. Rio de Janeiro, RJ 

Não tem jeito, é impossível falar de destinos para viajar pelo Brasil, sem citar a cidade do Rio de Janeiro, uma cidade que é incrível para receber famílias, ir sozinho ou com quem quer que seja sua companhia, o importante é conhecer a Cidade Maravilhosa. O lugar possui uma infinidade de atrações e pontos turísticos para todos os públicos: história e diversão se misturam criando um roteiro de viagem inesquecível. O Bondinho, o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor e muitas outras opções de lugares para conhecer fazem do Rio de Janeiro, uma das melhores opções de destinos brasileiros para conhecer com os amigos e, além disso, as lindas praias como Ipanema, Copacabana e a Barra da Tijuca, que são praticamente paradas obrigatórias para todos os turistas e também são tomadas por muito agito e diversão fecham o pacote de viagem com chave de ouro! 

Leia mais: Como fretar um ônibus particular?

4. Balneário Camboriú, Santa Catarina

Mais um destino de praia para nossa lista, mas, desta vez, uma que está localizada no litoral da região Sul do Brasil: Balneário Camboriú. O município é muito famoso por suas praias, que costumam estar sempre cheias durante todo o verão, mas não são somente elas os atrativos da região para os visitantes. A Praia do Estaleirinho é uma das prediletas dos turistas, mas outras opções como a Praia de Taquaras e a Prainha também são ótimas pedidas. Além disso, em Balneário também está localizado o famoso parque de diversões Beto Carrero World, uma atração que recebe muitos visitantes do Brasil e do mundo é garantia de bons momentos para você e seus amigos. 

5. Chapada Diamantina, Bahia 

Por último, mas não menos importante, temos o Parque Nacional da Chapada Diamantina, localizado no estado da Bahia. Um destino ideal para os grupos de amigos que são amantes da natureza, o lugar é conhecido por ser uma das melhores opções para se fazer ecoturismo e também turismo de aventura, além, é claro, de proporcionar cenários naturais deslumbrantes e inesquecíveis para os seus visitantes. A região que abriga 24 municípios nordestinos é casa de infinitas opções turísticas, como mergulhos, visitas às cachoeiras, prática de esportes radicais e muito mais. Entre os lugares mais procurados pelos turistas estão a Cachoeira da Fumaça e a Cachoeira do Buracão, pontos que você não poderá deixar de visitar com seus amigos. Vocês vão amar! 

E aí, já decidiu qual será a próxima parada da sua galera? Esperamos que sim, pois viajar é tudo de bom! Depois de escolher o destino é só buscar as passagens ideais e aproveitar os dias junto dos seus amigos. Aliás, se você quiser encontrar os tickets da turma de um jeito rápido e prático é só clicar aqui, que nós da Bus.com.br, com certeza, iremos ajudar você. 

Boa viagem! 

Como se sentir mais seguro para viajar de ônibus?

Dentre todos os meios de transportes que circulam todos os dias nas rodovias, o ônibus, sem dúvidas, leva o primeiro lugar no que diz respeito à segurança de locomoção para os viajantes. Isso porque os índices de acidentes que os envolvem são baixíssimos, os motoristas são profissionais capacitados e os veículos também contam com vários dispositivos de segurança que auxiliam muito no caso de uma emergência. 

Leia mais: São Paulo x Rio de Janeiro: é melhor ir de ônibus ou avião?

Porém, mesmo com tantos fatores positivos para amenizar os nervos dos passageiros, a etapa de viagem pode ser um pouco assustadora para alguns, podendo ocasionar ansiedade e até mesmo pânico. Então, como amenizar esses efeitos e conseguir aproveitar também o trajeto até a chegada no seu destino? Foi pensando sobre esta questão que elaboramos a matéria de hoje. Fique de olho nas próximas dicas que vamos contar para você e saiba quais são os cuidados imprescindíveis para ter uma viagem mais segura e tranquila. Olhe só: 

1. Qual é o melhor horário para viajar: dia ou noite? 

Se existir a possibilidade de escolha de horário para realizar o trajeto e você não sabe se prefere ir durante o período diurno ou noturno, aqui vão algumas informações importantes sobre cada uma das opções: 

Durante o dia: viajar durante o dia pode ser um pouco mais agitado. As rodovias estão mais movimentadas e os próprios veículos costumam rodar com maior lotação. Isso pode ser tanto um ponto negativo, quanto positivo. Se você busca um pouco mais de calma durante o trajeto, talvez, deva repensar sobre este horário. No entanto, se você prefere um pouco mais de movimentação à sua volta para se distrair observando o ambiente, a escolha será certeza de sucesso. 

Durante a noite: para muitos, o período noturno é o melhor para seguir viagem. É durante a noite que as rodovias estão mais vazias e isso pode ser um grande aliado dos trajetos mais longos. No entanto, a escuridão pode ser um pouco assustadora também, é verdade. Então, se a baixa luminosidade for algo que possa te prejudicar de alguma forma, é melhor evitar os horários posteriores às 18h. Agora, se você quiser mais sossego para conseguir dormir um pouco durante o trajeto, o noturno também é o período de menor circulação dentro dos veículos, colaborando com o silêncio. 

2. Informe-se sobre a previsão do tempo do seu trajeto 

Chuvas e tempestades, além de tornarem a viagem um pouco mais lenta e aumentar o risco de acidentes nas estradas, também podem ser extremamente amedrontadoras de dentro dos ônibus. Para evitar essas situações, é interessante averiguar a previsão do tempo para o seu trajeto a fim de poder alterar a data de embarque (se possível) para quando o clima estiver mais estável ou se preparar previamente a ele e poder manter seu autocontrole. 

Leia mais: Existem ônibus elétricos?

3. Tenha um cronograma de viagem 

Não ter todas as atividades para a sua viagem programadas e acompanhadas pode causar muito estresse desnecessário também. Então, para evitar ter ansiedade com o seu itinerário, tenha tudo organizado: suas tarefas,  horários de embarque, hospedagens ou translado, enfim, programe-se para que possa seguir a sua rotina com calma e também sem atrasos. 

4. Leve um amigo com você!

É possível levar alguém? Então, faça-o! Ter alguém que confia junto de você pode tornar o trajeto muito mais leve e também mais rápido. Analise a possibilidade de viajar com um acompanhante para ter uma viagem mais tranquila! 

5. Saiba quais são as atividades capazes de te relaxar em momentos de tensão

Todos nós temos algumas atividades coringas para realizar na hora desestressar. Uns gostam de assistir filmes, outros de jogar palavras cruzadas, já algumas outras pessoas preferem ouvir música. Não importa o método! O importante é alcançar a tranquilidade. Então, escolha qual será o seu passatempo durante a viagem para que o seu tempo dentro do ônibus passe tão rapidinho, a ponto de você nem percebê-lo! 

Esperamos ter ajudado você com essas dicas que, apesar de simples, são muito úteis para manter a tranquilidade durante o seu trajeto de ônibus. Afinal, é completamente comum ter medos e anseios, no entanto, eles não podem parar você e nem a sua viagem!

Leia mais: Como fazer o planejamento de férias?

Aliás, está procurando passagens de ônibus para o seu próximo passeio? Clique aqui e encontre o que você precisa! 

5 Cidades para viajar no feriado de Corpus Christi

Era feriado prolongado que você queria? Pois então, chegou a hora de aproveitar! A tradicional quinta-feira de Corpus Christi se aproxima e, neste ano, acontecerá no dia 16 de junho. Em algumas instituições é possível emendar a sexta-feira e aproveitar 4 dias de descanso para juntar a galera e partir para umas merecidas “mini-férias”. 

Leia mais: Feriados em junho de 2022

Pensando nas pessoas que querem curtir o feriado prolongado passando uns dias longe de casa, nós da Bus, fizemos uma lista com 5 cidades para aproveitar o feriado de Corpus Christi. Quer saber quais são? Confira: 

1. Ouro Preto, MG

A mais tradicional celebração em comemoração ao feriado de Corpus Christi ocorre na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais. Por lá, nesta data, o turista poderá aproveitar, além das atrações religiosas e suas decorações com os famosos tapetes coloridos pelas ruas, toda a cultura e história local com visitas aos casarões e igrejas do período colonial.  Para o lazer, uma ótima infraestrutura de restaurantes e bares servindo o melhor da culinária mineira! Ouro Preto recebe seus visitantes com um tour cultural completo!  

2. Amparo, SP 

Agora, para os que buscam ar puro e calmaria da natureza, Amparo pode ser uma excelente opção de destino! Conhecida como a Flor da Montanha, a cidade oferece uma grande variedade de atividades ecoturísticas em sua zona rural e, na zona urbana, a arquitetura colonial encanta os visitantes e transmite a sensação de aconchego para aproveitar bem a sua estadia. Vinícolas, fazendas, museus, casarões antigos e muito mais esperam por você!

3. Campina Grande, PB

Durante o mês de junho a região nordeste toda está em festa! O tradicional São João ocorre em diversas cidades e em Campina Grande os festejos são de encher os olhos! Aproveite uns dias na Paraíba e curta a alta temporada das festas juninas com muita música, animação, comidas típicas e tudo o que você precisa para relaxar nuns dias de folga.

Leia mais: Destinos para viajar no Dia dos Namorados

4. Ubatuba, SP

Quem mora no estado de São Paulo já sabe: feriado prolongado e Ubatuba tem tudo a ver! Se você está buscando agito e muita diversão no litoral, sem dúvidas, lá é o lugar certo para você. Apesar das temperaturas mais baixas, durante essa época do ano, as praias de lá costumam promover eventos para os campeonatos de esportes radicais. Informe-se sobre o calendário local e prepare-se para muita adrenalina! 

5. Brotas, SP

E falando em esportes radicais, não poderíamos deixar de fora dessa lista a “Capital da Aventura”. Brotas é um destino ideal para uma viagem de 4 dias, seja para a família ou um grupo de amigos. Boia cross, tirolesa e rafting são apenas algumas das atividades que você pode experienciar por lá. Sua excelente estrutura hoteleira e gastronômica fazem com que a pequena cidade do interior de São Paulo seja muito procurada pelos aventureiros de plantão. Para fechar o pacote de viagem com chave de ouro, um cenário deslumbrante te espera para recarregar as energias em meio à natureza.  

Leia mais: Como organizar a mala para viajar de ônibus? 

E aí, já começou a arrumar as malas para curtir o feriadão?! Escolha seu destino e deixe que a gente te ajude com as passagens! Saiba mais informações sobre preços e poltronas para o seu trajeto, clicando aqui. 

Boa viagem! 

 

São Paulo x Rio de Janeiro: é melhor ir de ônibus ou avião?

Viajar de São Paulo para o Rio de Janeiro é um trajeto muito comum e um dos mais realizados em todo o território nacional. Mas, na hora de escolher o modal para o transporte, vem a dúvida: será que compensa mais ir de ônibus ou avião? Alguns defendem que o avião é a maneira mais prática, rápida e confortável para chegar de um lugar a outro, mas será que é mesmo? 

Leia mais: Existem ônibus elétricos?

Hoje vamos fazer um comparativo entre os dois meios de transporte para que você possa, sozinho, decidir qual é a melhor opção para a sua necessidade. Então, se você quer viajar de São Paulo para o Rio de Janeiro ou vice-versa e ainda não se decidiu ainda sobre o meio de locomoção, esta postagem é especialmente para você! Confira: 

Viajar de avião de São Paulo para o Rio de Janeiro é mais caro do que de ônibus? 

Foi-se o tempo em que o avião era um meio de transporte utilizado quase que exclusivamente pelas classes mais ricas da sociedade. Hoje em dia, os preços melhoraram muito e o surgimento de mais companhias prestadoras do serviço contribuíram para que as viagens de avião se tornassem acessíveis para as camadas mais populares. Além disso, as companhias também costumam oferecer passagens para o trajeto com valores reduzidos, o que colabora com a economia para o trajeto. No entanto, é preciso levar em consideração que os aeroportos, comumente, estão localizados numa região mais afastada dos centros urbanos, então, é importante também reservar um valor para o seu translado até um hotel ou onde quer que seja a sua parada final. 

Nesse sentido, viajar de ônibus tem uma vantagem. Mesmo que você opte por um veículo que possua preços mais caros por assento, como os ônibus de leito e leito-cama, dificilmente, ele custará mais que uma poltrona da classe econômica aérea, por exemplo. Além disso, as rodoviárias, especialmente de São Paulo e Rio de Janeiro, estão próximas de outros meios de transportes públicos, como VLT e metrô, que possuem valor reduzido, se comparado aos táxis, e também estão inseridas nos centros urbanos, facilitando a sua mobilidade no desembarque. 

Leia mais: 5 Destinos para quem quer viajar sozinho

O tempo de viagem é maior para as viagens de ônibus? 

Se considerarmos somente o tempo dentro do ônibus ou avião de uma cidade à outra, é indiscutível: o trajeto realizado pelo avião leva muito menos tempo do que o trajeto realizado pelo ônibus, enquanto o primeiro dura cerca de 40 minutos, o segundo utiliza cerca de 6 horas. No entanto, alguns pontos devem ser analisados para realizar esta comparação. São eles: tempo de embarque, desembarque e translado.  

O embarque nas aeronaves é muito mais burocrático do que nos ônibus e, por esse motivo, é sugerido que os passageiros cheguem com, pelo menos, 2 horas de antecedência para evitar imprevistos. Outro fator a ser considerado (e aí retornamos à característica dos aeroportos serem mais afastados dos centros urbanos) é o transporte utilizado do seu ponto de partida ao aeroporto e do aeroporto ao seu ponto final, o chamado “translado”. Todo esse processo, em condições ideais, acabará tomando cerca de duas horas do seu tempo. Então, uma viagem que, inicialmente, duraria apenas 40 minutos, acaba durando, aproximadamente, 4 horas e 40 minutos. Bem próximo do tempo realizado pelo transporte rodoviário, não é mesmo?! 

Leia mais: Como fretar um ônibus particular?

E qual é mais confortável: ônibus ou avião? 

Enganam-se muito os que pensam que os ônibus perdem em conforto para os aviões. Nada disso! Atualmente, os ônibus disponibilizam mais opções de poltronas para os seus passageiros. Ônibus executivo, de leito, semi-leito e leito-cama são veículos que proporcionam, inclusive, mais conforto e comodidade do que as classes econômicas de praticamente todas as companhias aéreas. Então, não se deixe enganar pela lenda que diz “viajar de ônibus é desconfortável”, as pessoas que defendem essa ideia, certamente, não viajam de ônibus há muito tempo. 

Então, qual é a melhor opção para realizar o trajeto São Paulo x Rio de Janeiro: ônibus ou avião? 

Bom, quem pode decidir a melhor opção para o seu trajeto é só você mesmo. Nosso intuito com esta matéria foi esclarecer dúvidas frequentes sobre ambos os meios de transporte para que vocês, leitores, consigam analisar sozinhos qual modal oferece o melhor custo-benefício para as suas necessidades e esperamos ter conseguido auxiliá-los de uma forma positiva. 

Agora, se você já se decidiu sobre o melhor meio de transporte e estiver à procura de passagens de ônibus São Paulo x Rio de Janeiro, não se esqueça: a Bus facilita muito para você! Encontre suas passagens com a gente, clicando aqui